A história de Ata, o humanóide do Atacama


Há dez anos atrás, um esqueleto de quinze centímetros com feições estranhas foi encontrado no deserto de Atacama – no norte do Chile. A principio, acreditava-se que se tratava de alguma obra antiga, mas teste confirmaram que aquele esqueleto era real. Conhecido como o Humanoide de Atacama, acabou ganhando o apelido de Ata.

A confirmação iniciou um furor na comunidade ufóloga. Muitos acreditavam que aquele esqueleto seria de um extraterrestre que visitou a terra séculos atrás. Seria a prova definitiva da existência de alienígenas.

Em 2012, foi realizado um teste de DNA em Ata, e o resultado é que o esqueleto foi de um ser humano. Entretanto, o teste não soube dizer porque daquele esqueleto ser tão pequeno e ter aquela forma. Para tal, existem algumas teorias: seria um feto abortado e por isso não teria se desenvolvido; seria um feto com progeria – doença que acelera o envelhecimento; seria uma criança entre seis e oito anos com grave variação de nanismo.

Segue abaixo o trailer do documentário Sirius, que fala mais sobre o humanoide.

#Ficadica: se você procurar com calma no google, vai encontrar este documentário legendado.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta