Conheça algumas das maiores verdades da política brasileira 7


Você já sabe de uma das maiores mentiras da política brasileira. Agora, é hora de aprender algumas das maiores verdades da política brasileira.

Doutor Enéas Carneiro

Doutor Enéas Carneiro

Quando eu era criança, eu nunca dei valor para o programa Roda Viva, da TV Cultura, afinal, nenhum dos entrevistado me interessava. Essa desvalorização do programa continuou em minha juventude, até um dia onde fui assistir o programa pelo YouTube. Agora, maravilhado com a qualidade do programa, venho compartilhar com vocês uma série de entrevistas fantásticas já feitas pelo programa.

Para começar, vamos apresentar um entrevista com o Doutor Enéas Carneiro, realizada em 1994 – na época, candidato a eleição a qual fora eleito pela primeira vez Fernando Henrique Cardoso, primeira eleição após o impeachment de Fernando Collor de Mello. Nesta entrevista, Enéas fala várias verdades sobre a política e ao Brasil de 1994, que, surpreendentemente, valem até hoje – 20 anos depois.

Dr. Enéas Carneiro no programa Roda Viva da TV Cultura em 1994



Após assistir ao vídeo, deixe seus comentários abaixo. Em breve, teremos mais matérias sobre política, antes das eleições deste ano.

Curioso como damos atenção a determinadas pessoas somente após a sua morte. O que você achou dessas verdades da política brasileira?

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

7 pensamentos em “Conheça algumas das maiores verdades da política brasileira

  • Ciro

    Na época Eneas eram considerado uma avis rara por ser exótico demais, o pior e que precisávamos, e ainda precisamos, de pessoas como ele, o problema e que atualmente não existe este personagem, ou e um bando de playboy de classe media ou playboy de classe alta. Vale salientar que ele tambem era acreano como Marina, mas de cultura e opiniões totalmente diferente.

  • hafanetti

    Cara, esse Enéas era a contradição em pessoa. Acho que a Marina fez um curso de política com ele. Lucidez zero, contradição em 100%. Ele se contradiz a cada segundo. É uma colcha de retalhos de si mesmo, uma caricatura de político. Realmente teve o fim que merecia – caricatura política. Um homem que defendia interesses totalmente contraditórios. Enfim, e tem gente que ainda acha que esse cara era o futuro…