Este homem passou 22 anos escavando uma montanha pelo bem de sua vila 2


Que poder tem um único homem? No meio de tantas notícias desanimadoras, conheça uma história que pode trazer sua motivação perdida.

dashrath-manjhix600



Dashrath Manjhi era pobre trabalhador da vila Gehlaur, na Índia. Por ser analfabeto, Dashrath passou a vida trabalhando no campo. Infelizmente, sua vila se localizava a 70 km de distância da cidade mais próxima, devido a uma montanha que a vila da cidade. Além disso, a trilha da montanha era bem traiçoeira, e muitos já haviam morrido por causa dela.

Em 1967, a esposa de Dashrath Majhi, Falguni Devi ficou ferida e precisava de socorro médico. Infelizmente, devido a distância causada pela montanha, Dashrath Majhi não conseguiu a ajuda médica a tempo, e Falguni Devi faleceu. Dashrath Majhi ficou arrasado, e isso o fez pensar na situação de sua vila.

Então, Dashrath Majhi decidiu que abriria um novo caminho, nem que fosse preciso derrubar a montanha. Em sua mente, Dashrath Majhi decidiu que ninguém mais precisaria passar pelo que ele passou. Dashrath Majhi passou 22 anos, de 1960 a 1982, escavando a montanha, dia e noite, e como resultado, conseguiu abrir um caminho de 110 metros de comprimento, 7,6 metros de profundidade e 9,1 metros de largura através da montanha. Com isso, ele conseguiu diminuir a distancia de 70 km para apenas 15 km.

Por sua façanha, Dashrath Majhi ficou popularmente conhecido como o “homem da montanha” e morreu em 17 de agosto de 2007, aos 73 anos, de câncer da vesícula biliar.


Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

2 pensamentos em “Este homem passou 22 anos escavando uma montanha pelo bem de sua vila