Freaks – O filme banido de Hollywood 2


Em fevereiro de 1932, foi lançado um filme que chocou a sociedade da época. Tod Browing, o mesmo diretor do clássico filme Drácula – de 1931, com Bela Lugosi, responsável pela imagem do conda na cultura pop -, conseguiu convencer a MGM a permitir filmar Freaks. Por conta de seu conteúdo, o filme foi banido de quase todos os cinemas dos Estados Unidos, e em alguns estados, ainda é crime sua exibição.


Freaks é um filme que se passa em um “circo de aberrações”, contando com pessoas realmente deformadas. Nele, o anão Hans recebe uma herança, e a bela trapezista Cleópatra e o halterofilista Hércules se unem para dar o golpe do baú em Hans, envenenando-o aos poucos.

O filme chocou a sociedade americana da época. Em uma sociedade que na época pregava a beleza e a elegância, as pessoas ficaram interessadas com o filme esperando ver seres humanos na situação mais degradante o possível. Entretanto, o que o filme apresentou foi um grupo de pessoas deformadas vivendo seus dias normalmente, e felizes dentro de sua família circense, enquanto os verdadeiros vilões são duas pessoas fisicamente normais, mas de caracteres deformados.

O filme tem 64 minutos, mas sua versão original era maior, com 90 minutos. A MGM cortou cenas do filme, e mandou mudar o final para um mais “leve”. A cenas foram destruídas, sem chance de recuperá-las, sendo a versão abaixo a única existente.

Se você ficou curioso e quer ver o filme, ele pode ser visto abaixo, gratuitamente – uma vez que a obra caiu em domínio público -, devidamente legendado. Atenção com as pessoas mais sensíveis, que podem passar mal vendo cenas de pessoas com deficiências reais.

Freaks – Tod Browning – Legendado – 1932 por Telecinebrasil no Videolog.tv.


Que saber mais dele? Escute este podcast.

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

2 pensamentos em “Freaks – O filme banido de Hollywood