Guia Para Pornografia Na Internet – Introdução Aos Japoneses 1


Conversando com amigos meus, eles acharam interessante alguns vídeos e sites de pornografia que eu já tinha visto internet afora. Inclusive eles me indicaram escrever sobre este assunto no meu blog. Então, está certo. Vamos começar com a parte mais amena da pornografia japonesa…

Imagine...

Antes de tudo, permita explicar um importante aspecto da cultura japonesa. No Japão é proibido mostrar os órgãos sexuais de adultos, nem pelos pubianos, sejam em desenhos ou imagens reais. Essa censura é tão forte, que revistas como a Playboy mudaram totalmente seu foco, pois a vagina é apagada com editores de imagens. É interessante que se saiba sobre isso, uma vez que isso explica o por que da pornografia japonesa ser considerada tão excêntrica – para não dizer bizarra: Como eles simplesmente não podem focar no ‘aquilo naquilo’ que os americanos fazem tão bem, eles inventam variações pornográficas para contornar a censura.

Por exemplo, sabe aquela história de monstros de tentáculos violando as mulheres? Eles fazem tentáculos que pareçam com pênis exatamente para ter com o que penetrar as mulheres. Inclusive estes tentáculos ejaculam fluidos estranhos, imitando o papel do esperma. Alias, os monstros de tentáculos não existem somente nos Animes Hentai, mas também existem vídeos de monstros de tentáculos – obviamente falsos – atacando mulheres reais.

Outro exemplo que contorna a censura é o bukkakke. O bukkakke é o ato onde vários homens ejaculam no corpo de outra pessoa – homem ou mulher. Geralmente, essa pessoa recebe as ejaculações no rosto ou na boca. Tanto o rosto, quanto o esperma não é censurado, já que a censura foca-se nos órgãos genitais. Para exemplificar, pouco tempo atrás, assisti um trecho de um filme japonês onde mostra apresentadoras de telejornais recebendo ejaculações em seus rostos enquanto dão as notícias.

A espanhola, ou titfuck também é bastante utilizada nos filmes pornográficos japoneses. Embora a maior parte das japonesas tenham seios pequenos, o bom e velho silicone tornou possível a realização deste tipo de fetiche, que tem origem nos Animes e Mangas. Apesar do pênis sofrer censura, o mesmo não acontece com os seios e, inclusive, as tarjas e quadriculados acabam substituindo o pênis.

Por conta disso, existem muitos vídeos onde uma atriz esta fantasiada de Mai Shiranui, Orihime ou Morrigan – personagens de animes, mangas e games que possuem seios fartos -, exatamente para aproveitarem este fetiche.

Eu poderia continuar falando das soluções que os japas encontraram, mas termino essa primeira de muitas postagens sobre pornografia por aqui. Pornografia demais cansa e enjoa…



Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

Um pensamento em “Guia Para Pornografia Na Internet – Introdução Aos Japoneses