Historias do Mundo da Pornografia – Quando o Ilegal Era Permitido 11 Comentários


A pornografia tem histórias interessantes, mas pouco discutidas, devido ao preconceito da sociedade com a pornografia que ela tanto consome. A historia a seguir, apesar de real, é constantemente negada pelas pessoas envolvidas. Como estou falando de pessoas e empresas, não citarei nenhuma fonte, muito menos os identificarei. Mas é possível que alguns saibam do que estou falando.

Você sabia que o mercado de pornografia com menores de idade já foi algo vendido sem problemas?

Tudo começou na década de 60, com uma gráfica na Europa  Esta gráfica era conhecida por publicar calendários grandes com paisagens de diversos países europeus. Mas, os europeus começaram a comprar calendários com fotos de mulheres nuas que vinham dos Estados Unidos, e isso fez diminuir perigosamente aos lucros da gráfica. Sem saber o que fazer, aconteceu de um dia, ao revelarem algumas fotos de um de seus fotógrafos costumeiros, encontrarem várias fotos de mulheres nuas, junto as fotos de paisagens. Ao conversarem com o fotografo, este explicou que ele transava com várias de suas clientes, e que elas deixavam tirar fotos delas nuas. A gráfica, então, começou a usar estas fotos em seus calendários e logo se tornou um sucesso.

O Que Você Queria Que Colocasse Aqui?

Costa da Europa – O Que Você Queria Que Colocasse Aqui?

Porém, um dia, no meio das fotos de nudez, eles encontraram fotos do fotografo fazendo sexo com suas clientes, e ficaram bem interessados. Quando o fotografo disse que era fácil tirar fotos delas, e que tinha montes de fotos assim, a gráfica decidiu publicar essas fotos, e contratou o fotografo para que ele conseguisse mais. E logo ele conseguiu muitos clientes interessados em compartilhar essas fotos. Curiosamente, nesta mesma época, vários países derrubaram suas leis anti-pornografia e assim abriu-se um mercado para esta gráfica. E logo, estavam comprando câmeras para filmar as cenas e não somente fotografar.

E mais uma vez, chegou um dia em que este fotografo estava em uma orgia organizada por um rico casal em sua mansão. E lá estava ele,filmando, fotografando e participando de tudo. Eis que a filha de 15 anos do casal, que estava dormindo nos quartos acima, acorda, e quando vê aquela orgia acontecendo decide participar. E com a permissão de seus pais, o fotografo não somente desvirginou a jovem como ainda filmou tudo. E o vídeo fora publicado.

Vale aqui uma explicação: Na época, o vídeo foi publicado e vendido simplesmente por que em alguns países não existiam leis que protegiam os menores de idade da pornografia como existem hoje. Ou seja, a pornografia fora permitida, mas ninguém proibiu que menores participassem dela – e na verdade, não proibiram nada. Nos 3 anos seguintes, não somente foram feitos uma grande quantidade de filmes pornos com menores de idade – não somente crianças -, como também diversos filmes com os mais estranhos fetiches, como incesto e zoofilia.

A ‘festa’ acabou no inicio da década de 70, quando foram criadas leis definidos os limites da pornografia em diversos países da Europa. A definição dessas leis obrigou ao mercado pornográfico europeu a iniciar a buscar por adolescentes maiores de idade, mas que parecessem muito mais novas do que realmente são, como as já citadas em outro texto, Anna Marek e Tove Jensen.

Hoje, é ilegal em quase todos os países ter um desses filmes. Curiosamente, em poucos países europeus, ter um desses filmes em seu formato original não é crime, mas não se pode vende-los, copia-los, exibi-los, e muito menos coloca-los na internet.

Gostou? Quer mais histórias curiosas da pornografia? Clique nas estrelas, curta no facebook, ou mesmo deixe um comentário!

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

11 pensamentos em “Historias do Mundo da Pornografia – Quando o Ilegal Era Permitido

  • Rafael Portillo Autor do post

    A principio, somente adolescentes, mas, existem informações de filmes de incesto onde pré-adolescentes participavam – ou seja meio termo entre criança e adolescente. Mas criança mesmo, não.

    Que fique claro que eu mencionei menores de idade.

  • william haddad

    deixo claro aqui que não sou puritano ou falso moralista, mas qdo se trata de crianças e adolecentes, praticando sexo sem o preparo que o amadurecimento tráz, e mesmo assim vejo muita gente adulta sem nenhum preparo psicológico, o sexo passa a ser vulgar sem nexo, faz-se por fazer deturpando a mente, do indivíduo, que na falta de carinho doa seu corpo para o sexo em busca de um amor que não será correspondido ou respeitado, expor o menor e o adolecente ao sexo sem orientação e respeito é um crime psicológico que o tempo irá cobrar seu preço.O menor qdo crescer não terá mais discernimento em praticar o sexo com prazer salutar e procriação e irá passar isso aos seu filhos criando crianças sem o pudor e respeito ao seu próprio corpo. grato por lerem e feliz ano novo

    • sem nome

      olha so sei disso mais as meninas de hoje são naturalmente safadas pois na internet tem muito filme porno e as meninas que nunca fizeram sexo ficam loucas para saber como e fazer e por isso transam cedo rapaiz e dificl vc ou eu como homem tem uma menina fazendo ensinuações para a gente querendo como uma cadela no cio quem tem a mente no lugar logico pensa muito antes de fazer so uma historia eu tinha 19 anos e namorava uma menina de 16 anos muito folgosa queria de qualquer geito transar comigo mais tinha medo e por isso acabamos terminando ela aranjou um namorado mais velho ainda que eu pronto na mesma senama o car comeu ela que ficou arrependido ate hoje foi eu maior otário de não ter passado a vara nela e ai agora so se eu comer o coneco do filha da puta que inventou esse negocio de pedofilia