O Mito da Escalada da Podridão 4 Comentários


Presidentes Collor FHC Sarney

Qualquer opinião sobre política vai atrair a ira de pessoas, afinal este é um assunto polêmico. Ainda mais polêmico é o que vou fazer agora, que seria “defender” o presidente Lula. Afinal, apesar da alta popularidade do presidente, dentro da internet, aqueles que não gostam dele são extremamente ferrenhos e contundentes.

 

Acontece que recebi um email que acusa o governo de Lula de ser o governo mais corrupto de todos os já existentes na história do Brasil. Entretanto, essa acusação, assim como muitas outras feitas pela internet, são falsas, exageradas ou repletas de erros em seu conteúdo. Longe de mim dizer que o Lula é um santo e que seu governo é honesto, mas tambem não podemos ser extremistas, uma vez que todo extremismo é cego e burro. Devemos ser observadores atentos e pacientes, analisadores comedidos e imparciais, e somente assim podemos falar algo sobre este ou aquele governo.

Meu querido pai, que Deus o tenha, sempre procurou me informar da real situação política do Brasil, no inicio da década de 2000. Muito conversamos sobre a situação que se encontrava na Brasil nos anos de 60/70 – época que ele chegou da Bolívia, em São Paulo -, e as comparações que meu pai fazia com o inicio do novo século. Embora meu pai nunca tenha estado a frente de nenhum movimento politico, principalmente quando chegou ao Brasil, muito o preocupava os atos do governo.

A partir do que meu pai me ensinou, e acrescentando o que tenho lido nos últimos anos, venho aqui analisar um email que recebi, chamado de A Escalada da Podridão. A tabela abaixo [uma figura] apresenta os governos dos últimos 34 anos realizando uma comparação de quantos escândalos ocorreram em cada governo. A idéia é que a comparação da quantidade de escândalos em cada governo, mostre o quanto o governo Lula é corrupto.

A Escalada da Podridão

Ernesto Geisel

É extremamente ridículo realizar quaisquer comparações com os presidentes da ditadura militar. O criador desta tabela está praticamente chamando o leitor de burro. Como se poderia ter conhecimento de escândalos do governo na Ditadura? Eles matavam pessoas que fossem contra o governo, imagine então permitir uma abertura dessas a imprensa. Não, eu me recuso a realizar quaisquer comparação dessas.

João Figueiredo

Apesar de ter iniciado o processo que causaria o fim da ditadura militar, o governo de Figueiredo, do mesmo modo que o de Geisel, jamais daria abertura a impresa para que ela tivesse conhecimento de escandalos políticos. Por acaso você faltou as aulas de história do Brasil?

Sarney

Você pode imaginar que com o fim da ditadura, existiria mais liberdade de imprensa. Se pensas assim, você é um tolo [para não dizer algo pior]. Ainda existiam os reflexos da ditadura, principalmente levando em conta que Sarney foi o vice que assumiu após a morte de Tancredo, que por sua vez foi eleito por voto INDIRETO, caramba. Houve abertura de imprensa, mas logicamente ela não se estendia a assuntos politicos.

Além do mais, todo mundo se importava mesmo era com a inflação cavalar da epoca. Talvez você não lembre – ou não nasceu na epoca – mas toda noite assistíamos o Jornal Nacional para saber quanto de inflação que tivemos NO DIA, enquanto atualmente se acompanha a inflação MÊS A MÊS.

Fernando Collor de Melo

Primeiro presidente por voto direto [mas com fortíssima influência da Rede Globo]. Ele e o PC Farias tiveram uma idéia para finalmente controlar o monstro da inflação e então anunciaram que o governo “pegaria emprestado” todos os valores depositados em poupanças de banco que excedessem determinado valor [O equivalente a R$500]. Muitas pessoas tinham poupanças na epoca, pois eram o investimento mais seguro e rentável [de 8% a 10% ao mês!]

No dia seguinte ao anuncio, ouve uma corrida aos bancos [um salve-se quem puder]. Mais que rapidamente, o governo mandou bloquear os saques, obrigando as pessoas a “emprestar dinheiro” ao governo. Eles pegaram o dinheiro e iriam escapar se o irmão de Collor não tivesse entregado todo o esquema. Obviamente, não teve nada de autruísmo, apenas não pagaram o suficiente a ele. E este foi apenas um dos escândalos do governo Collor – quem ai se lembra dos Marajás e os Anões do Orçamento?

Itamar Franco

Com o Impeachment de Collor, povo temia a volta da ditadura. Itamar assumiu e pediu tempo para se organizar. Itamar teve competencia e sorte. Escolheu as pessoas certas, tomou as decisões certas, e conseguiu mudar a situação do Brasil, graças ao plano Real. Entretanto, Itamar ficou muito na defensiva. Ele fechou mais ainda o acesso as informações do governo. Além do que o povo estava impressiondo com o plano Real, brincava com a mineirice do presidente, e se divertia com a historia da foto da modelo sem calcinha ao lado do presidente.

FHC, ou Fernando Henrique Cardoso

Durante as eleições, Itamar foi duramente criticado por fechar as informações do governo, principalmente perante a imprensa. FHC decidiu abrir as portas. Liberou informações e permitiu apurações de denuncias perante ao publico. Com isso, diversos escandalos foram descobertos no periodo FHC, inclusive muitos iniciados na era Collor e na era Itamar. Agora, todo mundo virou caçador de bruxas.

Lula, ou Luis Inacio da Silva

Você olhando agora esta lista, imagina que o governo Lula é muito corrupto. Mas, na verdade, o que ocorreu foi que Lula abriu para apuração muito mais que o FHC permitiu. Se temos escandalos atras de escandalos, isso quer dizer que ouveram muitas apurações e investigações. Sempre ouve uma grande quantidade de esquemas em todos os governos. Apenas que, a visibilidade de Lula, e a liberdade dada é que nos dá a impressão da quantidade de escandalos.

No fim, sempre existiu muita corrupção em todos os governos, independente do presidente no poder. O que está ocorrendo hoje em dia é o aumento da apuração das denuncias, o que significa mais liberdade de informação.

Mas peraí, Rafael, como é que eu vou acreditar nisso? Como você tem tanta certeza do que você escreveu?

Ora, é muito simples na verdade. Se pararmos de prestar atenção aos presidentes, e focarmos mais nos Deputados e Senadores, vamos encontrar muitas, mas MUITAS, figurinhas carimbadas, que estão no poder desde Collor, ou ainda mais antigos. Só para você ter uma idéia, nomes como Antonio Carlos Magalhães, Marco Maciel e Severino Cavalcante estão presentes a decadas na politica.

Ora bolas, se o presidente muda, mas a corrupção continua, com certeza o problema NÃO É DO PRESIDENTE.

Então, passem a prestar mais atenção ao politicos que estão detrás dos panos. Vamos prestar atenção a quem presidente o Senado, e quem preside a Camara dos Deputados. Vamos prestar atenção aos Deputados e Senadores. ELES É QUEM SEMPRE ESTIVERAM EM TODOS OS MOMENTOS DA POLITICA BRASILEIRA.

Vamos prestar mais atenção…

Mais uma vez, apesar da simpatia que tenho por Lula, este post não é para defende-lo, mas sim para que vocês abram os olhos para os verdadeiros culpados pela situação politica no país.

Obrigado… E aguardo as críticas


Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

4 pensamentos em “O Mito da Escalada da Podridão

  • Teonilia

    Olha, preciso dizer que nunca tinha ouvido uma opinião que considero tão sensata!
    O povo não vê que isso não começou agora.
    Não sou PT, muito menos quero Dilma no governo, mas os ataques ao Lula são a maioria das vezes sem sentido algum!
    Problema mesmo é que o povo n discute a realidade, mas as notícias veiculadas pela Globo!!

    Ótimo texto!
    Parabéns!

  • Claudia

    Concordo com quase tudo que foi escrito, porém, dizer que o presidente NÃO É O PROBLEMA é uma bobagem.
    Todos os que estão lá contribuem para a podridão existente na política brasileira e, os presidentes, estão na lista sim. São problemas sim, porque se corrompem junto com os outros.
    Infelizmente pars o povo brasileiro, todos são farinhas do mesmo saco, mesmo que queiram separa a farinha em sacos de forms e cores diferentes, a farinha continua sendo a mesma.

  • Amilton do Lago Santiago

    Precisamos urgentemente indicar esse Rafael para um concurso nacional de piadas! Esse sabe contar, hem! Será que ele é filho do LULA? Brincadeira hem…. cada M que agente lê! No resumo então a tabela acima é verdadeira, não é? Mas com certeza não é pela abertura, mas sim pelos fatos mesmo! Ooooiiii Rafael, ACORDA!