Mudando os livros de história


Ao longo de nossas vidas, aprendemos que quase nada do que vimos nos livros de escola do primeiro grau aconteceu como descrito no livro. Da mesma maneira, muito do que ouvimos falar não passa de boatos, memes, ou mentiras repetidas de modo que pareçam verdades.

Ancient_Rome_by_frescendine

Um dos fato mais recentes que descobri foi sobre Calígula. Dizem as lendas que Calígula era um pervertido, que promovia orgias em seu palácio, desvirginava moças e forçava sexo anal no rapazes. Todas estas lendas malditas ganharam ainda mais força com o filme Calígula, de Tinto Brass.

Entretanto, pesquisas no Reddit e na Wikipedia me mostraram que tais lendas, na verdade, seriam a ‘versão dos fatos’ de pessoas que nutriam ódio pelo Imperador Romano. Já ouvi mais de uma vez que os vencedores contam sua história, e por isso, uma vez que o poderoso Império Romano caiu, não é de se estranhar que historiadores e pesquisadores que fossem contra o antigo império escolhessem imparcialmente os textos que mais denigram a imagem do passado mais recente, vide os Republicanos que esconderam fato sobre a vida de Dom Pedro II – este é assunto para outro post.

Voltando ao Calígula. Hoje, historiadores vem corrigindo alguns fatos sobre este Imperador Romano. Sabe-se hoje em dia que Calígula era na verdade uma pessoa puritana. E chegou a banir o ‘Spintria’, uma moeda do submundo de Roma usada para pagar serviços de prostitutas.

Outro caso é os dos Missionários Jesuítas que convertiam nativos para o Cristianismo na América do Sul. Sabe-se hoje que diversos Missionários ficaram horrorizados com o modo que os conquistadores tratavam os nativos, mas estavam de mãos atadas e não poderiam interferir nas decisões. Por isso, muitos deles começaram a converter os nativos não somente para fortalecer o Cristianismo, como também para protege-los – pois, os soldados não iriam brutalizar outros cristãos. Inclusive, sabe-se de missionários que trabalhavam com nativos convertidos para encontrar semelhanças entre as religiões pagãs do nativos com o Cristianismo para facilitar a aceitação.

Existem diversas outras histórias como essa. Gostou? Quer ouvir mais? Então dê seu like para saber quais as histórias que vocês mais gostam!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta