O dia em que os personagens de desenho salvaram seu dublador 2


Mel Blanc foi um dos maiores dubladores de desenhos animados do mundo inteiro. Ele foi responsável pelas vozes originais de diversos personagens – cujas as caracteristicas dadas foram levadas para as dublagens brasileiras. Entre seus trabalhos estão as vozes originais dos Looney Tunes – Pernalonga, Patolino, Gaguinho, Piu-Piu, Frajola, etc -, além de Barney Rubble, de Flintstones, Sr Spacely, de Jetsons e foi a voz original do Pica-Pau.

A história incrível que estou traduzindo neste texto foi contada pela própria familia de Mel Blanc em entrevista e pode ser ouvida em seu original neste site.

Em 1961, Mel Blanc, então com 53 anos, teve um terrível acidente de carro, que o deixou em coma por semanas. Os doutores tentavam se comunicar com o dublador na tentativa de estimula-lo e acorda-lo – “Sr Mel Blanc, como o senhor está hoje?” -, mas sem sucesso. Entretanto…

Um dia, um doutor chegou e perguntou “Ei, Pernalonga, como você está?”. E para a surpresa de todos, ouviram a voz do Pernalonga responder “Eeh, vou bem doutor. E você, como está?” – vale lembrar que no Brasil, muitas adaptações usam o termo ‘velhinho’ no lugar de ‘doutor’. Posteriormente, os médicos tentaram se comunicar com os outros personagens de Mel Blanc, e com surpreendente sucesso!

Após 21 dias de coma, Mel Blanc acordou, e após sua recuperação, voltou mais que rapidamente ao seu oficio de dublagem. O neurologista que o atendeu considerou importante esta comunicação durante o coma, e constatou que Pernalonga e os outros desenhos salvaram a vida de Mel Blanc, que viveu até os 81 anos.

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

2 pensamentos em “O dia em que os personagens de desenho salvaram seu dublador