Os erros do resgate dos Beagles 2


Neste mês de Outubro, ativistas invadiram o Instituto Royal para “resgatar” os Beagles que eram usados para pesquisas pelo instituto. O caso acabou criando e resgatando diversas discussões, tanto sobre a função do ativismo quanto da necessidade de pesquisas em animais. Entretanto, este post vai apresentar informações para você refletir sobre este caso.

Fonte: Veja

Fonte: Veja

Notícia original

Para começar, lembre-se que sempre existem dois lados da mesma moeda – e sei s para um dado. Como a maioria dos sites apresentam informações defendendo a ação, este vai questionar se a atitude foi certa ou não.

Para começar, duas notícias:

Beagle vendido por R$ 2.700 na internet era do Instituto Royal, diz anúncio.

Beagle é encontrado abandonado em São Roque (SP); polícia investiga se animal foi retirado do Instituto Royal

Em seguida, segue dois vídeos de um velho conhecido deste blog, o Pirulla. São dois vídeos, sendo o primeiro se focando no caso, e o segundo respondendo a questões de seus comentaristas.

Para terminar, um excelente tirando dúvidas sobre testes em animais.

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

2 pensamentos em “Os erros do resgate dos Beagles

  • Simba

    Realmente, essas ativistas precisavam lavar uma caixa de roupa suja, ou lavar os pratos da pia. Nunca vi tamanha idiotice do que esse resgate. Pior, os cães agora é que vão sofrer o cão. Vão trocar ambiente controlado e comida balanceada por arroz com feijão e baixos de tanque. Mas se tem amor, tudo bem…