Quando A Turma Cresceu… 1 Comentário


Talvez uma das mais polêmicas decisões do mercado brasileiro de quadrinhos, a Turma da Mônica Jovem é sucesso no Brasil, e destaque no mundo. Mesmo assim, muitas pessoas persistem em falar mal da mudança de seus personagens favoritos em prol de histórias adolescentes. Eis, então, minha analise desta obra, após ler dezenas de edições diferentes.

A primeira coisa que eu aponto nesta analise, é de que a Turma da Mônica Jovem – TMJ, para simplificar – está em desvantagem em relação da Turma da Mônica Clássica – TMC, para simplificar: a maior parte das pessoas continua lendo a TMC, mesmo depois de adulto. Não somente a TMC tem histórias infantis, como também são histórias de comédia, voltada para todas as idades. Já a TMJ possui histórias para adolescentes, assuntos que as crianças não entendem, e que os adultos já não querem prestar atenção ou acham fútil.

O Visual Atual da Turma

O Visual Atual da Turma

The Fab Four

Uma das maiores criticas está nas mudanças nos personagens principais. Cada um será detalhado a seguir, mas desde já, explico que é difícil imaginar alguém crescendo que não muda sua personalidade, não evolui, em comparação ao seu eu infantil.

Mônica

Ela não é mais baixinha e gorducha, mas continua dentuça e pavio curto como sempre. Além disso, ela realmente adotou a postura de líder da turma, e a própria turma a aceita nesta posição. E de bônus, sua relação amorosa com o Cebolinha – agora Cebola -, não somente está mais forte, como ela também conseguiu um pretendente bem apaixonado: o Do Contra – embora o triangulo amoroso vem sendo deixado de lado.

Cebola

Deixou o diminutivo de lado, cresceu mais cabelo, e frequentou uma fonoaudióloga para falar correto – embora ainda fale elado quando está nelvoso. O cara das idéias, continua com seus plano infalíveis, mas agora ele não se contenta somente em ser o ‘dono da lua‘, como quer ser o dono do mundo. Sua paixão pela Mônica está mais forte, mas decidiu que só a namoraria mesmo quando se tornar tão ou mais forte do que ela.

Cascão

O fato que mais revoltou os fãs do Cascão foi o fato de ele tomar banho, embora ele ainda não goste de disso. Ainda sim, continua o sujinho fedorento, pois ou esquece de seu banho, ou de cuidar de suas roupas. Além disso, se tornou o esportista da turma – o que aumenta ainda mais seus odores -, além de se tornar o cara que cuida da reciclagem e reutilização de materiais.

Magali

Magali ainda come muito, mas decidiu se tornar nutricionista, e por isso, cuidar de sua alimentação. É a mais calma e meiga das amigas da Mônica – seu braço direito -, e por isso, muitas vezes é a voz da razão e/ou da consciência.

E o Resto da Turma?

As Capas de Cada Edição Dão Um Show à Parte

As Capas de Cada Edição Dão Um Show à Parte

Maior e cada vez mais unida, a turma não mudou muito, apenas ‘evoluiu‘: personagens antes antagonistas, como a Carminha FruFru – agora Carmen – está cada vez mais próxima da galera. Outros, como o Franjinha e a Marina, melhoraram seus talentos – inclusive, o Nimbus deixou de ser apenas um mágico para ser um mago de verdade. Um destaque para o Anjinho, que também cresceu, apesar de ser um anjo, e se tornou Ângelo – após uma série de trocas de nome que se tornou uma piada na própria revista.

Mas três personagens coadjuvantes se destacaram com louvor:

Do Contra

Deixou de ser apenas o garoto que quer fazer tudo ao contrário, para se tornar alguém alternativo, que não gosta de modinhas e que quer fazer seus colegas pensarem. Sua paixão pela Mônica criou um triangulo interessante, porém pouco explorado.

Denise

A amiga genérica da Mônica ganhou muita personalidade e se tornou uma amiga bem incomum: fofoqueira, adora criticar os outros, quer fama e faz quase de tudo para ser notada, inclusive colocar na internet as fofocas e os vídeos que ela faz da turma. Mas quando a galera necessita de ajuda, quando precisa mostrar sua lealdade, ela o faz, mesmo que não venha o reconhecimento – mas ao menos pede um elogio!

Aninha

Foi uma boa surpresa. Na TMC, ela era apenas a namorada do Titi, uma menina genérica. Adolescente, decidiu colocar o namoro de lado e tentar todas as possibilidades que a vida propõe para descobrir o que quer da vida. Vários empregos, vários estudos, vários pensamentos. Acabou por colocar uma sementinha na cabeça de muitos de seus amigos, que precisam escolher uma carreira na vida.

E as Histórias?

Um Universo Alternativo Onde a Turma se Separou

Um Universo Alternativo Onde a Turma se Separou

Sendo uma revista mensal, e baseada no formato manga, muitas das histórias são divididas em duas ou mais edições. Muito fãs acreditam que a revista teve um começo fraco, e que só a partir da edição #10 – Conta comigo! que ela mostrou para que veio. No meio de tantas histórias, destaco as seguintes:

#15 #16 #17 – Monstros do ID

Esta história trabalha bastante o aspecto psicológico da turma, desde suas características quando crianças até as mudanças que ocorrem na adolescência. É arranhar a psicologia utilizando a fantasia, e homenageando os Super-Sentai!

#29 #30 – O mundo Do Contra

Aqui, explica-se o Do Contra: como alguém é contra tudo? como alguém nada contra a corrente? Além de falar de modinhas e brincar com Homem de Ferro e Lanterna Verde.

#33 – O peso de um problema

Apresentando uma nova personagem na turma, a Isa, discute-se obesidade, bulimia, preconceito e discriminação.

#34 – Quer namorar comigo?

Esta história está aqui porque ela ganhou destaque nos quadrinhos mundiais quando o famoso site de quadrinhos Bleeding Cool desbancou a DC Comics, que tinha anunciado que sua revista da Liga da Justiça era a mais vendida de 2011, com 200 mil exemplares vendidos, enquanto esta edição vendeu 500 mil exemplares.

Conclusão

Lendário Encontro dos Personagens de Osamu Tezuka

Há Anos Esperado, Encontro dos Personagens de Osamu Tezuka e do Mauricio de Souza Finalmente Aconteceu!

Deixe de lado seu preconceito e dê uma lida na TMJ. É possível que goste e queira acompanhar a série. Mas se mesmo com tudo isso você ainda fizer cara feia para a turma, lembre-se: a Turma da Mônica Clássica ainda esta lá…

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

Um pensamento em “Quando A Turma Cresceu…

  • Lucas

    O que mais incomodou, na minha opinião, foi o simples fato deles terem crescido. Foram anos e anos com eles crianças – o sonho de todo pai. Muitos cresceram lendo a turminha, vendo-se nas historinhas; agora eles cresceram… O passado agora realmente é passado. Eu gostei muito dessas mudanças e, apesar das críticas, Turma da Mônica é Turma da Mônica e o Maurício conseguiu criar personagens tão marcantes que o anúncio do casamento da Mônica com o Cebola gerou mais boatos que a suposta traição de muita celebridade real por ai.

    Também compus um post parecido: http://www.escritoraovento.blogspot.com.br/2012/10/monica-e-cebolina-felicidade-eterna.html