Rapaz é preso por que policiais acreditavam que ele não teria como comprar um cinto de 350 doláres 8


Neste mundo, existem pessoas que são presas por furto, por assalto, por sequestro, por assassinato, entre vários outros crimes. Mas, também existem pessoas que são presas por causa de estereótipos e preconceitos. O rapaz abaixo foi preso por simplesmente ser negro.

Facebook photo of Trayon Christian.  A black, 19-year-old Queens student got more than he bargained for when he splurged on a $350 designer belt at Barneys

No ultimo dia 22, Trayon Christian, de 19 anos, calouro da Faculdade de Tecnologia de Nova Iorque, foi comprar um cinto de $350, que ele economizou por alguns meses, na loja Barneys. Entretanto, ao sair da loja, foi abordado por seguranças, e preso por policiais, sob a alegação de que um rapaz negro não tinha como comprar um cinto daquele valor. Inclusive, a atendente chamou os seguranças, pois durante a compra, ela acreditava que os documentos que o rapaz usou eram falsos e que o cartão que Christian usava era roubado.

Na delegacia, insistiam no fato de que Christian não teria condições de comprar o tal cinto, e que seus documentos eram falsos. Mas fora provado que ambos, documento e cartão, pertenciam ao jovem, além do mesmo não ter ficha criminosa. Christian foi liberado, e ele retornou a loja para devolver o cinto, e está processando a loja e o departamento de policia de Nova Iorque.

Fonte

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

8 pensamentos em “Rapaz é preso por que policiais acreditavam que ele não teria como comprar um cinto de 350 doláres