Um Japão nada bizarro – Limpeza 1 Comentário


Já coloquei aqui alguns textos falando um pouco das bizarrices do Japão. Mas, também acho necessário colocar alguns aspectos positivos. Um deles fala da limpeza e da conservação de suas cidades.

Já ouvi de alguns amigos que foram para o Japão que as ruas são muito limpas e praticamente você não encontra nem mesmo migalhas no chão. E quem assiste as obras japonesas como Animes, Doramas e Tokusatsus pode confirmar o que digo. Além disso, também dizem que os cestos de lixo públicos estão separados a 50 metros um do outro.

Como sempre, sai na internet pesquisando sobre o assunto, e descobri que a própria população cuida da limpeza de seus bairros e cidades – não existe serviço de limpeza pública como conhecemos no Japão.

Isso se deve a um costume que começa na escola. As escolas japonesas organizam de tempos em tempos um mutirão com seus alunos para limpar a escola inteira. Repito e enfatizo, a escola inteira – inclusive banheiro. Não existe uma ‘tia da limpeza’. Todo o trabalho é feito pelos alunos, com uma eventual ajuda dos professores e outros funcionários.

Você pode ficar revoltado com essa atitude, achar que é trabalho infantil ou algo assim. Mas se você pensa assim, é melhor mudar de ideia. Todo esse processo de limpeza da escola é, segundo eles, a melhor maneira de ensinar sobre limpeza, responsabilidade e disciplina.

cleaningjapan (2)

E esse costume é levado a vida inteira: colégios, faculdades, locais de trabalho, etc. Inclusive no que diz respeito a onde você mora e ao bairro onde vive.

Por isso, este é um dos elementos que mais chocaram e chocam os imigrantes japoneses que vem para locais como o Brasil e os Estados Unidos, e é mais uma das caracteristicas que cria um preconceito em relação aos chineses por parte dos japoneses.

Comentários

Comentários


Deixe uma resposta

Um pensamento em “Um Japão nada bizarro – Limpeza